Dando ao WordPress seu próprio diretório

Muitas pessoas que o WordPress alimente a raiz do seu site (por exemplo, http://example.com) mas eles não querem todos os arquivos WordPress embutindo em seu diretório raiz. WordPress permite que você instale em um subdiretório, mas ter o seu site servido a partir da raiz do site.

A partir da versão 3.5, os usuários Multisite podem usar todas as funcionalidades listadas abaixo. Se você estiver executando uma versão do WordPress com mais de 3.5, por favor atualize antes de instalar um WordPress Multisite em uma subdiretoria.

Nota para os desenvolvedores de temas/plugins: isso não vai separar o seu código do WordPress. Os temas e ‘plugins’ permanecerão à mesma na pasta wp-content.

Movendo uma instalação Raiz para seu próprio diretório Movendo uma instalação Raiz para seu próprio diretório

Digamos que você instalou wordpress em exemplo.com. Agora você tem dois métodos diferentes para mover instalações wordpress para subdiretório:

1) Sem alteração do URL do SITE (continua exemplo.com

2) Com alteração no URL do SITE (será redirecionado para exemplo.com/subdiretorio)

Topo ↑

Método I (Sem Alteração do URL) Método I (Sem Alteração do URL)

1) Depois de instalar o WordPress na pasta raiz, mova tudo da pasta raiz para a subdiretório.

2) Crie um arquivo .htaccess na pasta raiz e coloque esse conteúdo dentro (basta alterar exemplo.com e my_subdir):

<IfModule mod_rewrite.c>
RewriteEngine on
RewriteCond %{HTTP_HOST} ^(www.)?exemplo.com$
RewriteCond %{REQUEST_URI} !^/my_subdir/
RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-f
RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-d
RewriteRule ^(.*)$ /my_subdir/$1
RewriteCond %{HTTP_HOST} ^(www.)?example.com$
RewriteRule ^(/)?$ my_subdir/index.php [L] 
</IfModule>

Só isso. 🙂

Topo ↑

Método II (com Alteração da URL) Método II (com Alteração da URL)

Processo de mudança Processo de mudança

(Obs: Se já tiver instalado o WP no subdiretório, alguns passos poderão já ser feitos automaticamente).

  1. Crie o novo local para os principais arquivos do WordPress a serem armazenados (vamos usar /wordpress em nossos exemplos). (Em linux, use o mkdir wordpress de seu diretório www. Você provavelmente vai querer usar chown apache:apache no diretório wordpress que você criou.)
  2. Vai para o ecrã geral.
  3. No endereço do WordPress (URL): defina o endereço dos principais arquivos principais do WordPress. Exemplo: http://exemplo.com/wordpress
  4. No endereço do site (URL): defina o URL do diretório raiz. Exemplo: http://exemplo.com
  5. Clique em Salvar alterações. (Não se preocupe com os erros que acontecem agora! Continue a ler)
  6. Agora mova seus arquivos principais do WordPress (do diretório raiz) para o subdiretório.
  7. Copie (NÃO MOVER!) Os arquivos index.php e .htaccess do diretório WordPress para o diretório raiz do seu site (endereço do Blog). O arquivo .htaccess é invisível, portanto, talvez você precise configurar o seu cliente FTP para mostrar arquivos ocultos. Se você não estiver usando Pretty Permalinks, talvez não tenha um arquivo .htaccess. Se você estiver executando o WordPress em um servidor Windows (IIS) e estiver usando Pretty Permalinks, terá um arquivo web.config em vez de um arquivo .htaccess no diretório do WordPress. Para o arquivo index.php, as instruções permanecem as mesmas, copie (não mova) o arquivo index.php para o diretório raiz. O arquivo web.config deve ser tratado de maneira diferente do arquivo .htaccess, portanto, você deve mover (não copiar) o arquivo web.config para o diretório raiz.
  8. Abra o arquivo index.php do diretório raiz em um editor de texto
  9. Altere o seguinte e salve o arquivo. Altere a linha que diz: require ( dirname ( __FILE__ ). ‘/wp-blog-header.php’); para o seguinte, usando o nome do diretório para os arquivos principais do WordPress: require ( dirname ( __FILE__ ). ‘/ wordpress/wp-blog-header.php ‘);
  10. Faça login no novo local. Agora pode ser http://exemplo.com/wordpress/wp-admin/
  11. Se você configurou o Permalinks, vá para a ecrã de Permalinks e atualize sua estrutura. O WordPress atualizará automaticamente o arquivo .htaccess se ele tiver as permissões de arquivo apropriadas. Se o WordPress não puder gravar no seu arquivo .htaccess, ele exibirá as novas regras de reescrita, que você deverá copiar manualmente no arquivo .htaccess (no mesmo diretório do arquivo index.php principal).

Topo ↑

Modificação do .htaccess Modificação do .htaccess

Em alguns casos, algumas pessoas gostam de instalar versões separadas em um subdiretório (como /2010, /2011, /latest e etc..), e desejam que o site (por padrão) use a versão mais recente e instale o WordPress em um subdiretório , como /my_subdir e no arquivo .htaccess da pasta raiz, adicione o seguinte (basta alterar as palavras conforme necessário):

RewriteEngine On
RewriteCond %{HTTP_HOST} ^(www.)?example.com$
RewriteRule ^(/)?$ my_subdir[L]

Agora, quando os usuários acessarem seu domínio raiz (example.com), ele será redirecionado automaticamente para o subdiretório especificado.

Nota: Este código vem da publicação do Site 5 aqui: Como redirecionar seu domínio para uma subpasta usando .htaccess.

Topo ↑

Movendo pastas específicas do WordPress Movendo pastas específicas do WordPress

Os links a seguir explicam como alterar diretórios específicos no WordPress: